O Castramóvel, serviço de castração de cães e gatos realizado pelos profissionais do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), seguirá para o Campus da UNEB, no Cabula, no mês de dezembro.

O horário de atendimento é das 8h às 12h. São distribuídas 100 fichas por dia. O cadastramento e triagem são realizados às segundas e terças-feiras.

As intervenções cirúrgicas ocorrem às quartas, quintas e sextas-feiras. No dispositivo móvel cada pessoa tem direito à castração de 3 animais por mês.

Requisitos

O responsável pelo animal precisa comparecer ao local com documento de identidade, cartão SUS e caderneta de vacinação antirrábica.

Quem ainda não tiver o cartão SUS deve ir a uma unidade de saúde e apresentar RG, CPF e comprovante de endereço para a confecção.

O animal precisa ter entre seis meses e cinco anos de vida. Se fêmeas, não podem estar em período gestacional e o pet deve ter mais de um quilo.

Histórico

Durante o mês de novembro, o Castramóvel ficou instalado no Espaço Axé, no bairro de Pau da Lima, onde realizou 365 procedimentos. No total, em 2017, foram feitas 5.449 castrações. A previsão é de que 600 animais sejam atendidos em dezembro.

Ao longo do ano, o equipamento atendeu bairros como Pau Miúdo, Plataforma, Paripe, Cajazeiras X, Imbuí, Mussurunga, Vale do Matatu, Calçada e Pau da Lima.

LEIA TAMBÉM:

Castração: previne doenças e acaba com cios e gestações indesejadas

Comments

  1. Na verdade, o cartão SUS não confecciona mais nos postos de saúde. Agora tem que enfrentar um inferno chamado prefeitura bairro.
    E se o cartão for de outra cidade, o sistema não libera o procedimento.
    O usuário tb tem que se preparar para a falta de cadeiras, ficar horas aguardando, e a cara enfezada de um dos atendentes do CCZ responsável pela triagem. Um homem que não recordo o nome e é um pedaço de cavalo com as pessoas. Jamais deveria trabalhar em atendimento ao público. As meninas, ao contrário, são muito legais.

    1. Jane, o ideal é que você procure um médico veterinário para fazer uma avaliação na sua gata! Todos os pets passam por um exame clínico para saber se estão aptos a realizar a cirurgia! Vá até o Castramóvel na segunda ou terça-feira para fazer a avaliação! Você precisa levar o cartão SUS e a carteira de vacina da sua gatinha!

  2. Boa noite. A prefeitura de Salvador já que disponibiliza a castração gratuita deveria tambem incluir o hemograma e teste pra doença do carapato pq muitos animais estão sendo castrado é só depois da castração o animal por ter. Imunidade baixa devido a cirurgia apresenta a doença e muitos estão morendo pq seus donos não reconhece os sintomas e não tem condições de levar ao veterinário .. Castrei a minha cadela e no dia seguinte ela não reagia após mas 48 horas nao comia não bebia água não defecava , queta nos cantos então levei pra o veterinário e lá foi feito os exames e foi constatado a doença do carapato estou lutando pra minha cadela não morre operada e anda doentes , se n triagem disse feito exames de laboratório evitaria muitas mortes de cães e os veterinários não ia castra os animais contaminados dariam orientação aos donos pra tratar a doença é só depois castrar . Minha vizinha não teve a mesma sorte a cadela dela morreu 72 horas depois da castração .. acho que se é pra fazer algo direto que faça o certo…. Será que no Brasil tudo de graça não fonciona direito … Zero pra triagem de Minas pelo casta móvel .. outra coisa animais cedo sedados já castrados pq os donos adotaram e n sabem se é castrado é só depois q são sedados que os veterinários ver q o animal já foi castrado ..pra que serve mesmo a triagem ???????????? Absurdo ..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *