Com certeza você conhece alguém que tem alergia a frutos do mar, a poeira ou a algum tipo de medicamento. O que talvez você não saiba é que nossos bichos de estimação também estão vulneráveis a substâncias que podem causar processos alérgicos.

De acordo com o médico veterinário Hermes Neto, tanto os cães quanto gatos podem sofrer com o problema.

“É mais comum as dermatopatias alérgicas nos cães do que nos gatos, mas os gatos também podem ser acometidos. Devido ao estilo de vida moderno, os pets estão cada vez mais dentro de casa e tendo mais contato com poeira doméstica. Por isso a gente tem observado cada vez mais animais com processos alérgicos,”, explica.

A principal causa das alergias em cães e gatos ainda é a picada de pulga. Por coçar muito, o animal pode lesionar a pele e gerar uma contaminação secundária. Mas dá para prevenir.

“Não é muito comum em pacientes intradomiciliados, que tenham banho semanal e que fazem uso de produtos ectoparasiticida. Mas quando falamos de uma população de renda mais baixa, em que esses cuidados não são tão comuns, o paciente acaba tendo acesso a rua de forma descontrolada e consequentemente sendo picado pela pulga”, alerta o veterinário.

A dermatite atópica também é bastante comum e acontece quando o animal com pré-disposição genética tem contato com a poeira, por exemplo.

Também entram na lista de substancias alérgicas alguns alimentos, produtos de limpeza e higiene, e ainda alguns medicamentos. E se você tem um shithzu, um bulldog francês ou um labrador em casa, atenção redobrada.

“O shithzu é o campeão porque é uma raça muito criada em Salvador, e todas as raças que são da moda terminam proliferando com cruzamentos consanguíneos e a gente sabe que essa aproximação de linhagem sanguínea pode trazer as doenças de cunho genético, e a dermatite atópica é uma delas”, esclarece.

Assim como nos humanos o ideal é manter as substâncias alérgicas longe do animal e controlar a doença com a orientação de um médico dermatologista.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *